Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

papas de aveia com banana caramelizada: hoje é para a desgraça!

Estou tão cansada, tão cansada que acho que vou antecipar o meu Dia da Asneira já para hoje. Estou a precisar de um bom pequeno-almoço para me dar forças. Vou ter mais um dia daqueles, cheia de trabalho e mil coisas para fazer ao mesmo tempo, por isso, recomeço a dieta ao almoço. Não me crucifique, já me chegam os olhares trocistas da minha querida Família Mistério… Amanhã volto a fechar a boca! Infelizmente não consegui resistir a esta incrível receita do blog Joy The Baker.

Só preciso de água, sal e aveia para as papas de aveia. Para as bananas, preciso das propriamente ditas cortadas em fatias na diagonal, manteiga sem sal, açúcar mascavado, sal e natas ou leite. Finalmente, vou precisar também de iogurte grego, mel, canela em pó e nozes pecan tostadas e partidas.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original. 

0S9A5003-683x1024.jpg

 

 

puré cremoso de batata doce com leite de coco, a melhor invenção da década (melhor até que trump e a suécia)

Andava eu diligentemente à procura de uma saborosa receita sueca com a qual pudesse homenagear a novíssima capacidade ficcional de Donald Trump, quando, de repente, me deparei com aquela que é provavelmente a melhor invenção dos últimos tempos. Não, não estou a falar de outro atentado inventado num país que aceite imigrantes, estou a falar de uma fabulosa receita do sempre incrível site The Kitchn: um cremoso puré de batata doce feito com um fabuloso leite de coco.

Além de lhe dar uma consistência quase de mousse, o leite de coco tem um sabor exótico que catapulta este puré para os píncaros da alta gastronomia mundial.

Tudo o que vai precisar para fazer esta delícia é de batata doce (claro!), leite de coco (evidente!), açúcar mascavado (o que seria de nós sem ele?), manteiga sem sal (já parava...), extracto de baunilha (ok, não digo mais nada!), canela, flor de sal e flocos de coco. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

46f45b07a3d8e577f7d96ac1a3d0dbcb4dce4925.jpeg

 

 

ovos com cogumelos e queijo no forno, uma receita para ajudar a começar a semana

Eu sei que é segunda-feira e a preguiça é a palavra de ordem. Tive preguiça a levantar-me, tive preguiça a acordar os miúdos, a arranjar-me, a levá-los à escola, arrastei-me até ao trabalho, enfim pareço uma morta-viva, mas tem que ser. Infelizmente não dá para fugir à segunda-feira.

Mas dá para torná-la um dia melhor! Mais agradável, mais feliz! Como? Planeando uma ótima receita para o jantar! Vai ver que assim o dia vai passar mais depressa! Eu, por exemplo, estou a sonhar com esta delícia que descobri no fantástico site The Kitchn que, além de fácil, engorda (claro) mas pouco.

Só preciso de manteiga, azeite extra-virgem, chalotas picadas, uma mistura de vários cogumelos fatiados (com os talos cortados), tomilho fresco picado, ovos, leite, sal e pimenta preta moída e queijo mozzarella ralado. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

93a99c77200aabd32eff7ad2b90b32d9a4463b48.jpeg

 

 

quesadillas com ovo, bacon e abacate, um brunch de fim-de-semana original

A nossa manhã de sábado está a transformar-se numa guerra de trincheiras em que eu estou de um lado e o resto da família está no outro. O meu querido e adorado Marido Mistério conta com aliados de peso – os nossos filhos – na sua luta pela manutenção do status quo, que é como quem diz: manter inabalável a tradição da panqueca aos sábados de manhã.

Eu luto pela mudança, pela alternância democrática, por uma alternativa mais saudável e exijo uma receita menos calórica nos nossos brunches. Adivinhem quem ganhou? Pois, claro. Fui eu. Nem precisei de grandes argumentos, bastou-me mostrar-lhes esta maravilha que descobri no blog Recipe Tin Eats e facilmente ganhei esta batalha que se previa sangrenta. Faz-se em 20 minutos e só preciso de bacon picado, tortilhas de trigo/wraps, ovos, um abacate descascado e fatiado, queijo ralado, sal e pimenta. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Egg-Bacon-Avocado-Quesadilla_680px_2.jpg

 

ovos caprese no forno, uma receita para me levar à loucura

Eu adoro ovos de qualquer maneira e feitio e adoro salada caprese, prato que comemos pelo menos duas a três vezes por semana na Mansão Mistério. Também fico em êxtase quando descubro uma receita fácil e deliciosa, por isso, estou em delírio absoluto porque me deparei com esta maravilha do imprescindível blog How Sweet It Is. Pode ser um excelente brunch ou um ótimo jantar.

OK, não é a receita mais light do mundo mas o meu Dia da Asneira aproxima-se perigosamente. E esta receita não vai passar deste fim-de-semana. Só preciso de ovos, tomate cherry ou mini-tomatinhos chucha, queijo mozzarella ralado, folhas frescas de manjericão, natas, sal, pimenta e manteiga. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original. 

ceggs1-3.jpg

 

 

batata doce no forno com queijo derretido por cima, a melhor combinação para o jantar de hoje

Segundo consta, parece que hoje Manuel Maria Carrilho saiu à rua e ainda não agrediu ninguém, por isso acho que o país tem motivos mais do que suficientes para celebrar. E cá em casa normalmente celebra-se com comida na mesa e luvas de boxe no lixo. O que é o mesmo que dizer com um delicioso prato para o jantar. A minha querida Mulher Mistério que me desculpe, mas em dia de celebração não há cá espaço para dietas – há espaço para batata doce e queijo derretido a escorrer por cima.

A fabulosa ideia é do sempre imprescindível site The Kitchn e trata-se de um acompanhamento de me deixar comovido de tanto salivar. Tudo o que vou precisar para fazer esta maravilha para o jantar é de batata doce descascada e cortada às rodelas, natas, manteiga sem sal, alho picado, uma folha de louro, tomilho fresco, noz moscada em pó, flor de sal, pimenta preta moída no momento, azeite e queijo gruyère ou outro queijo de que goste (eu cá sou fã de Queijo da Ilha). Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

9c4a51e6d50e28d363d2a2d27b8ebc99ac16a929.jpeg

 

polenta de batata doce e queijo de cabra com ovo estrelado: pequeno-almoço ou jantar? eis a questão…

Há receitas assim! Que tanto podem ser um ótimo pequeno-almoço como um fantástico e saudável jantar. Ainda estou na dúvida sobre esta pequena maravilha que descobri no blog Naturally Ella. Mas acho que vou fazer para o jantar, porque durante a semana não há tempo para pequenos-almoços prolongados. Estou a chegar-me à frente desta maneira porque esta receita é tão fácil que até eu, com a minha inaptidão inata para a cozinha, consigo fazer. E o melhor de tudo? São apenas 362 calorias. Quero! Quero muito!

Só vou precisar, para a polenta, de farinha de milho ou de polenta instantânea, caldo de legumes e água. Depois, preciso de batata doce, queijo de cabra, leite e sal e, finalmente, ovos, azeite com malagueta e microgreens.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

sweet_potato-polenta.jpg

 

o que fazer para o jantar quando o dia dos namorados calha a um dia de semana

Confesse lá: quem é que tem tempo para chegar a casa, depois de um interminável dia de trabalho, e enfiar-se na cozinha durante três horas para fazer aquele javali a baixa temperatura que ele (ou ela, se houver por aqui mais homens escravizados pelo fogão) provou uma vez num restaurante? Quem é que tem vagar para se exilar na cozinha, numa terça-feira à noite, para fazer um jantarinho supimpa de Dia dos Namorados? Eu não, seguramente. E, por isso, é que estou radiante por ter descoberto esta fabulosa e supersónica receita do New York Times.

Em primeiro lugar, só leva três simples ingredientes. Depois, é tão requintada quanto um jantar tête-à-tête com o Christian Grey. A seguir, é feita pela Nigella Lawson. E finalmente é mais rápida do que o Speedy González em dia de inspiração.

Tudo o que vai precisar é de lombos de bacalhau, manteiga derretida e presunto fininho. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui

30COOKING5-articleLarge.jpg

 

lasanha vegetariana, um jantar saudável para os amigos dos nossos filhos

A nossa casa transformou-se numa autêntica biblioteca escolar. Os nossos filhos insistem que estudam melhor com amigos do que sozinhos. Claro que não é verdade, mas já que têm de passar o fim-de-semana com a cabeça mergulhada nos livros, prefiro ceder um dia e, no outro, estudam sozinhos. É claro que quando dei por mim, hoje tinha uma pequena multidão de mochila às costas à porta de casa. E o que deveria ser uma tarde de estudo termina invariavelmente com um:

- Mãe, o X, o Y e o Z podem jantar cá em casa?

- Podem…

E é assim que o meu pobre Marido Mistério acaba na cozinha num final de tarde de sábado. É senso comum que quase todas as crianças gostam de lasanha mas, desta vez, achei por bem dar-lhe um toque mais saudável e sugeri ao meu querido Ele fazer esta incrível e irresistível receita do blog Half Baked Harvest: uma lasanha vegetariana.

Ele só precisou de azeite, uma courgette cortada em pedaços, cogumelos picados, um pimento vermelho sem sementes e picado, dois dentes de alho picados, molho de tomate, leite de coco, piripiri, tomates secos, lentilhas, massa de lasanha, espinafres frescos, manjericão fresco, mozzarella fatiada, provolone e parmesão ralados, e molho pesto para servir.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

Simple-Vegetarian-Skillet-Lasagna-1.jpg

 

 

bolachas de amêndoa sem farinhas só com 3 ingredientes: as mais leves, fáceis e estaladiças do planeta

É um dos grandes mistérios da Natureza: como é que estas bolachas se conseguem manter unidas apenas com uma mistura de ovos, açúcar e amêndoas laminadas? É verdade: não levam absolutamente nenhuma farinha – nem refinada nem mais saudável. E é exactamente por isso que hoje eu vou fazer estas divinais e ultra-leves bolachas de amêndoa.

A receita é da famosíssima guru culinária americana Dorie Greenspan. E foi eleita pelo site Food52, que a recriou aqui, como uma das mais geniais receitas de bolachas que o mundo já conheceu. Tudo o que precisa para esta delícia é de um ovo grande, 75 g de açúcar e 125 g de amêndoas laminadas. Mais nada. Nem amêndoa moída, nem nada.

5fadfd52-2c6c-4fab-a2ac-c2686f94ef4b--2017-0124_do

 

um jantar delicioso para fazer em 20 minutos: camarão no forno com crosta de manteiga de alho

É Donald Trump a pegar na caneta para assinar mais um decreto xenófobo e eu a pegar no avental para fazer mais um jantar divinal. Descobri a única maneira pacífica de combater um presidente com o cabelo cor-de-laranja: fechar-me na cozinha e só sair lá de dentro em Janeiro de 2021. Assim, talvez o tempo passe mais depressa.

Para hoje, encontrei uma deliciosa e facílima receita para um jantar típico de segunda-feira: rápido, fácil e mais ou menos light para compensar as calorias do fim-de-semana. A ideia é do imbatível blog Gimme Some Oven e resolve-se com sete simples ingredientes: camarão descascado, alho picado, vinho branco, manteiga derretida, pão ralado, sumo de limão espremido no momento e salsa picada. Isto além de sal e pimenta preta moída, claro. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, para quatro a seis pessoas, consulte a receita original aqui.

Garlicky-Baked-Shrimp-Recipe-2.jpg

 

 

qual é o melhor caldo-verde: o de jamie oliver ou o de maria de lourdes modesto?

É uma das melhores sopas para nos aquecer em dias de frio e de chuva como hoje. A incontornável Maria de Lourdes Modesto diz que é das sopas que mais conservam o calor e que é uma das suas duas preferidas, a par da açorda alentejana. Já o incontestável Jamie Oliver chama-lhe um dos mais tradicionais pratos portugueses, habitualmente servido em casamentos e festas de anos.

Resumindo: estes dois verdadeiros monstros da culinária adoram caldo-verde. Até aqui, tudo bem. O problema é que cada um faz esta delícia da "soparia" nacional à sua maneira. E se Maria de Lourdes Modesto gosta de seguir a receita típica do Norte, em particular de Marco de Canaveses; Jamie Oliver prefere juntar-lhe paprika e cebola. 

E foi assim que nasceu um dos mais relevantes duelos da sociedade moderna: quem faz o melhor caldo-verde? O ideal é comparar as duas receitas e decidir por si.

JM5WKND3-soep-caldo-verde.jpg

 

 

como fazer uma pizza com menos de 350 calorias numa caneca, em 5 minutos, no microondas

Captura de ecrã 2017-01-24, às 11.46.56.jpg

Prepare-se: esta receita vai mudar a vida da sua família. Acabaram as desculpas para não fazer uma pizzazinha em casa. Acabaram os fornos sujos de gordura. Acabaram as horas de barriga encostada ao balcão a tender a massa. Acabou basicamente o mundo como o conhecia até aqui. O vídeo que vai ver em baixo constitui provavelmente a maior revolução civilizacional desde que o Homo Sapiens resolveu começar a andar com as mãos nos bolsos.

Estou evidentemente a falar da receita para fazer uma pizza numa caneca, em apenas 5 minutos, dentro de um microondas. A fabulosa descoberta que está a deixar a Internet num estado de excitação extremo é da incrível Gemma Staford, autora do fulgurante blog Bigger Bolder Baking. E tudo o que tem de fazer para aprender a preparar esta maravilha é ver este nosso vídeo de 30 simples segundos.

 

 

uma entrada mais ou menos light digna de uma soirée em downton abbey

Hoje tenho a sogra a jantar cá em casa e estou decidida a impressioná-la. Vou buscar o meu melhor serviço e fazer-lhe uma entrada digna de ser servida à família Crawley. Como não tenho a Mrs. Patmore para me preparar o almoço, temos de ser nós a ir para a cozinha e dividir tarefas. Eu fiquei com a entrada e Ele (o grande, o glorioso, o magnífico e único chef da Mansão Mistério) com o prato principal.

A sogra traz a sobremesa, o que é simpático da parte dela. Como sou um desastre natural dentro de qualquer cozinha, andei à procura de receitas boas e, claro, muito fáceis. E encontrei no fantástico blog Drizzle and Dip, que eu adoro, a receita ideal para abrir as hostilidades com a sogra: tostas de carpaccio com maionese de alho e parmesão. Juro que até eu consigo fazer esta receita e, se não fosse o pão, e a maionese de alho, e o parmesão, até que era uma entrada light. 

17975095_sRpZu.jpeg

 

papas de aveia com cheesecake, um pequeno-almoço reforçado e saudável para assistir à tomada de posse do trump

Pior do que ver Donald Trump a ocupar o cargo de Presidente dos Estados Unidos da América é ver Barack Obama a despedir-se da Casa Branca. Não, não se assuste: este não é um post político. Não vou aqui discutir o Obamacare, nem as ideias de Trump. Mas tenho de confessar que o novo presidente dos EUA mete-me um “nojinho interior” (a expressão preferida da minha filha adolescente neste momento) e que sou e sempre fui fã de Obama. O meu querido Marido Mistério revira os olhos cada vez que eu suspiro a olhar para ele. Ai! As saudades que vou ter daquelas fotografias de Obama ao telefone na sala oval, os olhares cúmplices com a mulher, as brincadeiras com as crianças e com os cães de água portugueses, as partidas ao staff, o sorriso (lindo!), os discursos. Ok. Estou oficialmente deprimida. E o que é que eu faço quando estou deprimida? Normalmente como chocolate mas, como estou de dieta, vou fazer este espetacular pequeno-almoço para afogar as mágoas: umas papas de aveia inspiradas no cheesecake tradicional só que saudável, sem queijo. Descobri esta maravilha no blog Fit Foodie Finds.

strawberry-cheesecake-overnight-oats.png