Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

pudim de chia e abóbora com frutos secos e mirtilos, para celebrar a chegada da chuva e da minha dieta

As folhas de outono já começaram a cair, os primeiros pingos de chuva também já deram um ar de sua graça, as barragens vão finalmente começar a encher e eu vou outra vez recomeçar a minha dieta. A vida é assim. Feita de ciclos. E hoje acordei assim, poética.

Não, ainda não enlouqueci, só acordei motivada para recomeçar a minha dieta. É sempre assim. Depois do fim-de-semana ou de um feriado, lá fecho a boca outra vez. Até quando? Até conseguir resistir às tentações que me rodeiam ou até ao fim-de-semana seguinte. É por tudo isto que não emagreço nem um grama. Enfim, mas não sou uma desistente. Sou uma lutadora e a minha luta não precisa de ser um martírio. Posso perfeitamente começar o dia de forma saudável deliciando-me com esta maravilha que descobri no blog The Awesome Green.

Demora 20 minutos a fazer e sabe mesmo a outono.

Só preciso de sementes de chia, leite de coco ou de amêndoa, abóbora assada, mel, uma banana, nozes e avelãs tostadas, sementes de girassol e mirtilos frescos.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 3 pessoas, espreite aqui a receita original.

2 (2).jpg

 

 

maçãs assadas no forno com molho de canela, uma sobremesa vegan e sem glúten para celebrar a chegada do outono

Não sei se sou a única mas francamente já me apetece que chegue o outono. Não me leve a mal, eu adoro calor, mas já tenho saudades de uma lareira acesa, daqueles pratos reconfortantes feitos no forno, com abóbora ou batata doce, de castanhas assadas… ou de sobremesas como esta que descobri no ótimo blog Minimalist Baker. Feita com ingredientes naturais e sem açúcar nem glúten, esta receita é vegan, facílima e deliciosa. Demora 10 minutos a preparar e uma hora no forno.

Só precisa de maçãs médias a grandes, sumo de limão, óleo de coco, açúcar de coco, canela em pó, gengibre ralado, uma pitada de noz-moscada, amido de milho, sumo de maçã ou água e uma pitada de sal. Para servir, tenha à mão chantilly de coco ou gelado de coco ou de baunilha.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

AMAZING-Cinnamon-Baked-Apples-10-ingred-1-bowl-NATURALLY-SWEETENED-Tender-Delicious-bakedapples-vegan-plantbased-fall-applesglutenfree-refinedsugarfree-8-768x1152.jpg

 

 

papas de aveia com coco e sumo de beterraba, a forma mais saudável de começar a semana

Esta receita eleva as papas de aveia a todo um outro nível. Além de ficarem lindas de morrer graças à cor da beterraba, são praticamente um remédio em forma de pequeno-almoço. E não estou a falar só da aveia! Esta receita do blog The Awesome Green inclui gengibre, esse ingrediente milagroso que basicamente faz bem a tudo: é antioxidante, anti-inflamatório, acelera o metabolismo e ajuda a emagrecer. Além disso, a beterraba ainda tem muitos benefícios: é pouco calórica, também tem propriedades antioxidantes e é rica em fibras e sais minerais como o ferro, o potássio e o magnésio. Por isso, nada melhor do que começar a semana com um pequeno-almoço híper saudável com apenas 218 calorias! Leu bem: 218 calorias! Vamos a isso?

Só precisa de flocos de aveia, sementes de chia, água purificada, leite de coco, duas beterrabas descascadas, gengibre descascado, sementes de romã e xarope de ácer. Para decorar as suas papas de aveia, separe fruta fresca, pólen de abelha e flocos de coco tostados.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 3 pessoas, espreite aqui a receita original.

Overnight-Oats.jpg

 

 

abóbora com pesto, presunto crocante e ovo escalfado, um jantar que podia ser um pequeno-almoço

Domingo cá em casa é dia de brinner, essa nova moda que inundou a Internet e que veio para ficar na Mansão Mistério. Brinner (Breakfast for Dinner) é um novo conceito de que já falámos aqui e que é ideal para estes dias de preguiça. São normalmente receitas fáceis que tanto podemos comer ao pequeno-almoço como ao jantar. É o caso desta delícia que descobri no blog Bare Root Girl que podia perfeitamente ter sido o nosso brunch desta manhã mas vai ser o nosso jantar hoje.

Não é, meu querido Marido Mistério?

Só precisas de uma abóbora-menina, azeite, sal e pimenta preta, fatias de presunto e ovos escalfados.

Para o molho de pesto, vais precisar de folhas verdes, rúcula, cebolinho, manjericão, um dente de alho, um abacate maduro cortado em cubos, sumo de um limão, azeite extra-virgem, sal e pimenta preta.

Se quiseres saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 3 a 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

IMG_7052.jpg

 

 

como fazer o ovo estrelado perfeito

É um dos grandes mistérios da Humanidade: o ovo estrelado. Como é que conseguimos aquela clara consistente, tostada e crocante nas pontas e aquela gema líquida e cremosa no meio? Como é que não deixamos a gema cozer? Como é que evitamos que a clara fique com a consistência tão ranhosa como a minha querida Mulher Mistério em dia de ataque de alergia? 

São perguntas que mobilizam a civilização moderna há séculos e que hoje finalmente se deparam com um vigoroso ponto final. Graças ao seu querido Casal Mistério? Não. Graças ao respeitável site de notícias Huffington Post

Foi lá que encontrei a solução que vai inspirar o meu brunch de amanhã. Há uns tempos descobri aqui uma solução: fritar primeiro a clara e só depois acrescentar a gema. O problema é que toda a complexidade à volta dessa ideia nos enfia durante uns largos minutos na cozinha.

Com a dica do Huffington Post, não. Tudo é rápido e eficaz. O segredo está na água.

ovo.jpg

 

 

bolachas de amêndoa, trigo sarraceno e chocolate, um snack vegan, sem glúten e sem açúcar

Este fim-de-semana (que finalmente está a chegar) tenho uma missão: convencer o meu querido Marido Mistério a fazer estes deliciosos e saudáveis snacks que descobri no blog Baked só para mim. Vou dividi-los em caixinhas e levá-los para o trabalho. São tudo de bom: saudáveis, deliciosos, sem glúten, sem açúcar e vegan e… só demoram meia hora a fazer.

O meu querido, prendado, dotado, inteligentíssimo, gatíssimo, talentoso, atlético Marido Mistério (será que exagerei na graxa?) só vai precisar de amêndoas laminadas, trigo sarraceno, coco ralado, canela, sal, óleo de coco, xarope ou melaço de arroz (ou xarope de ácer), extrato de baunilha e chocolate preto vegan partido em pedaços.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 40 a 45 bolachas, espreite aqui a receita original.

almond-buckwheat-chocolate-brittle-5.jpg

 

 

acredita que estes deliciosos noodles de coco e camarão ficam prontos em 25 minutos?

O coco está para a minha vida assim como o gel está para o cabelo do Pedro Santana Lopes. (Por falar em Santana Lopes e cabelo, é de mim ou aquele topo central da cabeça está mais composto? Dá-me ideia que nasceu ali uma ilha de cabelo preto quando antes rareava algum cabelo branco...) Mas seja como for, como ainda não troquei a minha cozinha pelo salão da Isabel Queiroz do Vale, estou aqui para falar de coco e não de cabelo.

O coco é capaz de transformar qualquer receita simples e rápida numa séria candidata a jantar de Downton Abbey. E, como hoje é quinta-feira, aquele dia que está na fronteira entre o desespero dos dias de semana e o capricho dos fins-de-semana, vou fazer estes fantásticos noodles de coco para o jantar. A receita é do incrível blog Eat Live Travel Write e consegue ser rápida, fácil e ainda fazer uma vistaça.

Tudo o que vou precisar é de noodles chineses cozidos, cogumelos laminados (nós gostamos de shimeji, mas pode fazer uma mistura com vários tipos), malagueta picada, alho picado, gengibre fresco ralado, raspas de lima, sumo de lima espremido no momento, molho de peixe tailandês, caldo de galinha, camarão descascado, coentros frescos picados e leite de coco. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

DSC_7090.jpg

 

papas de aveia com frutos vermelhos no forno, um pequeno-almoço que dura uma semana

Esta é daquelas receitas que nunca falham cá em casa. Os miúdos adoram, eu amo e o meu querido Marido Mistério também não lhe resiste. É saudável, é deliciosa e tira-lhe a fome durante a manhã toda. O ideal é fazer um tabuleiro gigante que lhe dure a semana inteira. Assim, de manhã, é só acordar, cortar uma fatia e aquecer no micro-ondas ou não, e já está. A receita é do ótimo blog Apple of My Eye e é tão fácil de fazer que até eu arrisco a vestir o avental. Vamos a isto!

Só preciso de flocos de aveia, fermento, canela, sal, açúcar mascavado, leite magro, ovos, extrato de baunilha, mel, manteiga derretida, frutos vermelhos congelados e nozes pecan.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

DSC_2143.jpg

 

 

e se juntar aos peitos de frango do costume, cajus, lima, especiarias e quinoa? isso é… um jantar saudável e delicioso!

Já contámos aqui que a nossa Mansão Mistério vive em revolução latente por causa dos quilos de peitos de frango que eu compro cada vez que vou ao supermercado. Os nossos Filhos Mistério refilam e tentam manifestar-se (reparou que usei antes a expressão “tentam”: sim, aqui em casa a democracia tem os seus limites) porque dizem que estão fartos de frango. Eu respondo sempre, com o meu ar enorme:

- É o que há. Se não gostam, comem menos.

Mas, claro que, como saem à mãezinha deles, nunca fica nada no prato.

Enfim, mas tenho de confessar que até eu já estou enjoada de peitos de frango, strogonoff de frango e do frango do costume.

Por isso, hoje vou ganhar muitos pontos junto da minha exigente família com esta espetacular receita que descobri no site Eat Well 101.

Só vou precisar dos famosos peitos de frango, sumo de uma lima, dentes de alho picados, sementes de cominho, sementes de funcho, sementes de sésamo, sementes de coentros, cajus esmagados, azeite extra-virgem, sal e pimenta preta. Depois, para a quinoa, preciso da propriamente dita já cozinhada, coentros, salsa e cebolinho picados.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

2 (1).jpg

 

 

brownies saudáveis só com 3 ingredientes sem farinha, sem açúcar nem glúten

Com 3 ingredientes apenas se faz esta receita deliciosa mas saudável, tentadora mas sem glúten, doce mas sem açúcar, maravilhosa mas sem farinha e vegan mas para todos os outros regimes alimentares. Esta receita do blog The Big Man’s World é ideal para quando sente aquele desejo súbito de comer uma coisa doce, sabe? A mim, infelizmente, acontece-me todos os dias. E os 3 ingredientes que precisa são: bananas maduras, manteiga de amêndoa (ou de amendoim, se preferir) e cacau em pó.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

three-ingredient-flourless-brownies-3.jpg

 

 

tartes de massa filo com queijo creme e beterraba, uma entrada saudável e chiquérrima ;)

Esta receita impressiona até o Gordon Ramsay. É linda de morrer, é fácil de fazer e faz uma vistaça em qualquer almoço, jantar, festa ou evento. Pode ser uma entrada ou um prato principal. A receita é do blog Anna Banana e é crocante e deliciosa. Demora meia hora a ficar pronta e eu já estou à procura do avental para pôr ao meu querido Marido Mistério para ele fazer esta maravilha ainda hoje.

Ele só precisa de beterrabas médias cozinhadas e cortadas em pedaços de meio centímetro, massa filo, queijo creme, cebolinho picado, sementes de cominho negro, parmesão ralado, um ovo, manteiga derretida, flor de sal, pimenta preta e azeite.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

Beetroot-Cream-Cheese-Filo-Tarts-9.jpg

 

 

quinoa com chá e leite de amêndoa, um pequeno-almoço rico em proteínas e pobre em açúcar

A quinoa está a transformar-se no ingrediente mais famoso cá de casa. Desconfio que até já dá autógrafos ao arroz, à massa, ao cuscuz, à granola e aos outros vizinhos de prateleira. É uma estrela. É basicamente a Cristina Ferreira da despensa da Mansão Mistério.

Todos nós adoramos, sobretudo o nosso filho com vocação para chef, e eu que também me viciei desde que descobri que a quinoa tem um baixo índice glicémico. Sim, pode não parecer mas preocupo-me com a minha rica saúde.

Por isso, quando descubro receitas saudáveis e geniais como esta do blog Well and Full, fico tão quase tão feliz como Jorge Jesus quando recebe uma caixa nova de pastilhas elásticas.

Para fazer este pequeno-almoço saudável, só precisa de quinoa lavada, leite de amêndoa, chá preto indiano Chai e açúcar de coco (opcional). Depois, só precisa de toppings como nozes pecan, flocos de coco e canela.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma pessoa, espreite aqui a receita original.

1 (2).jpg 

 

5 alimentos que afinal não são assim tão saudáveis

O meu mundo vai desabar. Estou à beira de uma apoplexia. Uma pessoa já não sabe o que fazer nem para onde se virar. Mudamos (ou tentamos mudar) a alimentação porque somos bombardeados com a palavra “saudável” em todo o lado. Deve ser a palavra mais usada em marketing hoje em dia. Estamos nós profundamente convencidos de que estamos a comer coisas hiper saudáveis e, afinal, não é bem assim.

Daily Mail divulgou um estudo feito pela plataforma LiveLighter em parceria com várias entidades de saúde australianas, como o Cancer Council Victoria e a Heart Foundation e os resultados são surpreendentes. Participaram mais de mil adultos entre os 18 e os 64 anos e mais de 130 nutricionistas. Foi-lhes pedido para identificar 57 bebidas e comidas como mais “saudáveis” e “menos saudáveis”. E prepare-se para o choque:

 

Bolos sem Glúten

20517631_Ez0r9.jpeg

Toda a gente sabe que os bolos são deliciosos mas não fazem bem a ninguém. 44% das pessoas interrogadas neste estudo estavam convencidas de que os bolos sem glúten eram uma boa alternativa. Eu estaria incluída nessa percentagem…mas, parece que estamos todos enganados: 94% dos peritos em nutrição afirmaram que não eram saudáveis. São, claro, a opção ideal para celíacos mas, não tenhamos ilusões, afinal não são tudo aquilo que imaginámos.

 

 

triângulos de massa filo com queijo brie e doce de framboesa no forno com apenas 3 ingredientes

Esta receita consegue juntar 3 dos meus ingredientes preferidos: queijo Brie, doce de framboesa e massa filo. É um aperitivo delicioso ou um lanche tentador. Mas não pense que me vou desgraçar com esta maravilha. Cada um tem apenas 58 calorias, não é tão bom?

A receita original do blog Cookin Canuck é com molho de arando mas eu gosto muito mais (e temos sempre em casa) de doce de framboesa.

Por isso, hoje temos direito a lanche caprichado ;)

Só precisa de ter em casa 3 ingredientes: massa filo, queijo Brie e doce de framboesas. E spray de cozinha, claro.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 18 triângulos, espreite aqui a receita original.

11277645236_f132e503cf_c.jpg

 

scones de beterraba com chocolate preto e crumble de pistácios, uma receita original, vegan e sem glúten

Esta receita é para arrasar em qualquer ocasião. Tem um aspeto incrível, é saudável, é linda de morrer, é sem glúten, é vegan, já disse que é linda de morrer? Eu sei que sim. Mas de facto esta maravilha que descobri no blog The Green Life é dos pratos mais bonitos e originais que me passaram por estes lindos olhos. Sim, os meus olhos são lindos, sobretudo quando estou de óculos escuros. Mas dizia eu que esta receita é linda de morrer, de tal forma que até parece que estamos a cometer um crime ao dar uma trinca num destes scones. Apetece emoldurar e pendurar na parede. Estou a brincar! Apetece é comer e nem deixar uma migalha para contar a história.

Para fazer esta maravilha, vou obviamente recorrer ao talento do meu querido Marido Mistério, porque se eu arriscasse a meter a mão nesta massa corria um sério risco de estes scones saírem roxos em vez de cor-de-rosa.

Ele vai precisar de farinha de sorgo sem glúten, de farinha de aveia, farinha de araruta, fermento, cardamomo em pó, flor de sal, duas beterrabas médias, óleo de coco derretido, xarope de ácer, extrato de baunilha, chocolate preto cortado em pedaços, pistácios picados e açúcar de coco.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 12 scones, espreite aqui a receita original.

beet-dark-chocolate-scones-pistachio-crumble-12.jpg