Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

como fazer panquecas no forno

Shiiiiu! Fale baixo. Ninguém nos pode ouvir. Especialmente a minha querida e temível Mulher Mistério. Ela está convencida de que o facto de fazermos umas panquecas no forno, em vez de ser no fogão, as transforma na coisa mais light e dietética do planeta. E quem sou eu para a desmentir nessa sua firme convicção?

Por isso, vou aproveitar a deixa para este fim-de-semana me atirar a estas deslumbrantes panquecas de maçã, do site Taste of Home. São fáceis de fazer, são divinais e até têm menos de 200 calorias. Ou seja, nem tudo está perdido.

Para fazer esta preciosidade do mundo do brunch, vou precisar de ovos, leite, farinha, sal, noz moscada e manteiga. Para o topping, separe duas maçãs descascadas e cortadas às fatias, mais manteiga e açúcar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

panqueca.jpg

 

a nossa sopa de cenoura preferida para a dieta: com maçã e sem batata

Uma das grandes vantagens do Inverno é a sopa. Essa verdadeira instituição do frio, do mau tempo e do estômago aconchegado. Confesso que adoro sopas criativas e surpreendentes. De castanha, de brócolos ou até de iogurte grego, cá em casa come-se de tudo.

A única coisa que quase sempre dispenso é a batata. Adoro sopas cremosas, abomino sopas empapadas, daquelas que ficam com a consistência tipo empadão.

Pois bem, hoje tenho uma receita maravihosa para fazer para o jantar. É do fantástico blog Dolly and Oatmeal e junta tudo aquilo que eu idolatro: uma textura cremosa, um sabor surpreendente a caril e maçã e uma consistência leve. Ainda por cima, é fácil e rápida de preparar.

Tudo o que vou precisar é de azeite, cebola picada, maçã descascada e picada, alho, curcuma, cominhos, cenoura, caldo de vegetais, vários raminhos de tomilho atados com um cordel e iogurte de coco natural. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

1.jpeg

 

 

batata doce recheada com quinoa e avelãs, uma receita saudável e vegetariana

A batata doce está para a minha vida assim como a pastilha elástica está para a de Jorge Jesus. Somos inseparáveis. Como o pão e a manteiga, o café e o leite, a balança e a dieta, enfim relações para a vida, como a minha e do meu querido Marido Mistério. Por isso, quando descubro uma receita nova de batata doce rejubilo e dou três mortais encarpados seguidos (OK, só rejubilo mesmo, a verdade é que não estou em grande forma física… ainda).

Tomei uma decisão: quando sair do trabalho, vou passar pelo supermercado a caminho de casa e ligar ao meu querido Marido Mistério a avisar que encontrei o nosso jantar no blog Simply Quinoa. Vou comprar todos os ingredientes para Ele cozinhar. Quem é uma boa dona de casa, quem é? Pois. Eu sei. É Ele.

O meu querido Marido Mistério só vai precisar de batatas doces médias, quinoa cozinhada, azeite, uma chalota picada, alho picado, couve partida em pedaços, sumo de meio limão, avelãs tostadas, sal, pimenta e molho tahini para temperar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

kale-quinoa-stuffed-sweet-potatoes-3.jpg

 

grow healthy: está de dieta? então este restaurante é para si (e acabou de abrir)

Enquanto a minha querida Mulher Mistério sofre com dietas radicais, eu delicio-me com comida saudável. E saborosa. E fresca. Daquela que não nos faz acabar de almoçar com mais fome do que o Homer Simpson à frente de uma caixa de donuts. 

A minha última grande descoberta foi o novíssimo Grow Healthy, no CascaiShopping. Estava eu desesperadamente em busca de lojas para trocar alguns presentes de Natal, na companhia do meu querido Filho Mistério com pretensões a chef, quando esbarro com um novíssimo restaurante só de taças feitas com comida saudável, ou mais modernamente falando: bowls.

23722431_1586695244710460_8318127991773897159_n.jpg

– Pai, temos de experimentar isto para o blog!

(Sim, cada vez os exploro mais para nos ajudar – não podem ter só a fama, também é preciso contribuírem com algum trabalho)

Depois de olhar para a ementa, combinámos que pratos íamos dividir. Sentámo-nos à frente de duas deliciosas taças de comida saudável, feitas mesmo ali à nossa frente, e dividimos o trabalho: eu comia, o Mini-Misterioso escrevia.

 

um pequeno-almoço saudável e sem glúten só com 229 calorias para fazer em 10 minutos

Finalmente vou conseguir dar um destino aos quilos de açaí que o nosso Filho Mistério com vocação para chef comprou com o descompensado do meu querido Marido Mistério que não sabe dizer “não” quando o assunto é comida. Quando a nossa filha adolescente lhe pede para sair à noite, o “não” sai-lhe daquela boca a uma velocidade-cruzeiro, quando o tema é comida, é o descontrolo total.

Esta incrível receita do blog Minimalist Baker vai fazer a felicidade do nosso mini-chef e vai ajudar a aliviar o nosso congelador. Além disso, parece e sabe a um batido mas cada taça só tem 229 calorias. Por isso, até eu posso comer ao pequeno-almoço. É vegan, sem glúten e fica pronto em 10 minutos.

Só precisa de 4 ingredientes: açaí congelado, bananas também congeladas, manteiga de amendoim natural e leite de coco ou de amêndoa. Se quiser, pode acrescentar espinafres e frutos vermelhos (para dar cor) mas são ambos opcionais. Para os toppings, tenha à mão: meia banana cortada às rodelas, coco ralado e sementes de girassol ou de cânhamo.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

1 (3).jpg

 

 

acha que está a chover muito? então espere para conhecer a cidade mais chuvosa do mundo

7.jpg

Todos os anos, caem em Mawsynram cerca de 12 metros de água. Isso quer dizer que se a água não drenasse, a quantidade de chuva seria suficiente para deixar o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, submerso até aos joelhos.

Mawsynram é uma pequena aldeia na Índia e é a povoação onde mais chove à face da terra. Só para ter uma ideia, Seattle – a cidade onde foram filmadas as séries Anatomia de Grey e The Killing, dois verdadeiros hinos à chuva e ao mau tempo, e onde chove durante mais de 150 dias por ano – tem uma média de precipitação 13 vezes inferior a Mawsynram.

Mas porquê falar agora de Mawsynram? Porque, em algum momento menos prevenido da minha vida, eu decidi casar com uma mulher radical. E, depois do seu fascínio pela cidade mais fria do Mundo, agora está embeiçada pela zona mais chuvosa do planeta.

 

 

crepes de ovo sem farinha nem açúcar para fazer em 4 minutos e comer sem culpas

Esta receita do blog The Lean Green Bean é um ótimo pequeno-almoço para quem está de dieta. Rico em proteínas e com poucos hidratos de carbono, pode escolher o seu recheio preferido e deliciar-se sem culpas nem remorsos.

Só precisa de ovos, claro, e do recheio que gostar mais: fatias de fiambre de peru ou de frango, abacate, queijo, húmus, fruta ou iogurte. E para temperar, pode optar também por sal, pimenta, paprica, pimenta caiena, manjericão e orégãos.

Egg-Wraps-1.jpg

 

 

um almoço delicioso com menos de 300 calorias: muffins de queijo feta e tomate sem farinha

Quem diz um almoço, diz um jantar porque cá em casa não somos esquisitinhos quanto às refeições. O que interessa é que seja bom, fácil, dietético e já agora que dê para levar para o trabalho, o que dá sempre jeito. Se conseguirmos isso tudo, podemos comer esta receita a qualquer hora do dia – até ao brunch.

A invenção é do espectacular site Buzzfeed que, a seguir ao Natal, lançou um desafio para os leitores comerem de forma saudável ao longo de 14 dias. Cada dia, havia uma receita para brunch, almoço, lanche e jantar. Todas light, todas saudáveis. Esta é uma das minhas preferidas. Trata-se de uns muffins de queijo feta sem farinha, que ficam prontos num instante.

Tudo o que precisa, para duas pessoas, é de 6 ovos, uma mão cheia de espinafres baby picados, 25 g de queijo feta em crumble, meio tomate picado, flor de sal e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

muffins.jpg

 

 

5 smoothies com gengibre para uma semana de dieta

Eu sei que estou ligeiramente obcecada por gengibre mas desde que descobri os benefícios desta exótica raiz que não quero outra coisa para me ajudar na minha longa e dolorosa dieta. Além de prevenir uma série de doenças, é anti-inflamatório e antioxidante, mas mais importante ainda: acelera o metabolismo. Não pense que estou a falar daquele gengibre de conserva horroroso que costuma vir nos pratos nos restaurantes japoneses. Nãaaaao! Falo de gengibre fresco cujo sabor nada tem a ver com aquela… coisa.

Como estou empenhada na minha eterna dieta, resolvi pesquisar por essa internet fora smoothies que contenham gengibre para ir experimentando ao longo da semana e aqui fica o meu top 5.

 

Smoothie de Gengibre e Beterraba 

1 (1).jpg

É quase um crime beber este smoothie do blog Eat This. É lindo de morrer. Leva meia beterraba fresca, meia romã, 1 cenoura, 2 laranjas, 3 tâmaras secas, 1 cm de gengibre, 150 ml de água fria e 4 cubos de gelo, e dá para dois smoothies grandes. Descasque a beterraba e corte-a em pedaços. Retire as sementes de romã da casca. Depois corte a cenoura aos bocados, descasque a laranja e o gengibre. Misture tudo no liquidificador e delicie-se.

 

 

5 águas detox para uma semana de pequenos-almoços light

a8d816036507a0b3a1179b7d3d50dac0.jpg

É a grande obsessão deste ano. Logo a seguir à passagem de ano, a minha querida Mulher Mistério obrigou-me a fazer uma água com limão e gengibre para ajudar a limpar o organismo das loucuras do Natal. E a verdade é que sabe lindamente beber aquilo de manhã, em jejum.

A acidez do limão misturada com o picante do gengibre (eu ralo o gengibre fresco para se sentir mais o seu sabor) dá uma sensação de frescura e de leveza que se torna quase viciante. A partir daí, comecei a preparar essa água todos os dias de manhã. E depois comecei a fazer pequenas variações: acrescentar manjericão, pimenta rosa, zimbro e tudo o que dê mais sabor e frescura à água.

Também fica delicioso se substituir o limão por lima, laranja ou maçã. Se acrescentar pepino, canela ou outras especiarias. Enfim, acho que me tornei obcecado por águas detox. Vai ver como lhe sabem bem em jejum ou a acompanhar o pequeno-almoço. E por isso aqui ficam 5 receitas para experimentar ao longo da próxima semana.

 

 

diga bom dia com este pudim de chia com gengibre, pistácios e bagas de goji (assim vale a pena estar de dieta)

Sabia que o gengibre acelera o metabolismo, queima toxinas e ajuda na digestão? E que a chia ajuda a emagrecer, melhora o trânsito intestinal e o colesterol, e diminui o apetite, porque é rica em fibras e vitaminas?

Desde que estou de dieta, tenho descoberto ingredientes absolutamente milagrosos que entraram rapidamente para o top dos mais usados na Mansão Mistério. Dois deles estão nesta receita divinal que descobri no blog The Full Helping. Pois, claro. Adivinhou. São precisamente o gengibre e a chia. Cá em casa, já temos um jarro só de água com limão e gengibre para irmos bebendo. E todos adoram, crianças e tudo!

Para fazer este incrível pequeno-almoço, só vou precisar de leite de amêndoa, gengibre fresco ralado, raspas de uma laranja, sumo de laranja, xarope de ácer, sementes de chia, pistácios descascados e bagas de goji (que também é um poderoso antioxidante! Estou insuportável, não estou? Eu sei, mas preciso de auto-motivação). Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 taças pequenas ou 2 grandes, espreite aqui a receita original.

IMG_9071.jpg

 

 

vídeo: como fazer a mousse de chocolate mais fácil e rápida de todas só com 2 ingredientes

DSC083402.jpg

Não comece já a olhar para mim com esse ar de Santana Lopes raivoso. Eu sei que o mundo está de dieta, mas também sei que Dia de Reis é dia de festa. E dia de festa é dia de doce. E dia de doce é dia de receita. Com vídeo, de preferência.

Pense assim: em Espanha, as famílias estão todas à volta da árvore de Natal a trocar presentes, por isso nós podemos estar todos à volta da mesa a trocar colheradas de mousse de chocolate. Não podemos? Peço desculpa, não ouvi a sua resposta por isso vou continuar.

Esta receita não leva açúcares, natas nem outras tentações do quinto dos infernos. É só chocolate e ovos. Nada mais. O resultado é uma mousse leve, cremosa, quase espuma e a saber bem a chocolate. Tudo isto em poucos minutos de cozinha. E para aprender a fazer em poucos segundos de vídeo.

 

  

o brunch que me vai encher até à hora do jantar: batata doce com espinafres, ovo e abacate

Ora bem. Vamos lá fazer um ponto de situação. Está na hora das confissões: a minha dieta dos 2 dias transformou-se numa dieta a longo prazo. Passo a explicar: não deu. Não aguento comer só duas refeições e ingerir no máximo 500 calorias. Não vale a pena. Por isso, tomei uma decisão. Vou fazer dieta, sim, mas a dos restantes dias em que posso comer no máximo 2000 calorias. Cá para nós, se eu cortar só no álcool, no pão, nos doces, nos bolos e nos fritos, emagreço de certeza. Por isso, vou fazer uma alimentação saudável e perder peso mais lentamente. Também não tenho pressa, não é verdade? Devagar se vai ao longe.

Por isso, amanhã vou começar o dia com esta receita do plano de alimentação saudável do Buzz Feed que só tem 428 calorias mas junta o pequeno-almoço e o almoço numa mesma refeição. Depois lancho um scnak a meio da tarde e janto um prato leve.

Para fazer este delicioso brunch, vou precisar de meia batata doce média cortada em cubos, azeite, um ovo, um dente de alho picado, uma cebola cortada em fatias fininhas, sal, pimenta preta moída, uma lata de feijão preto, tomates cherry cortados ao meio, espinafres baby, meio abacate cortado às fatias e cebolinho fatiado. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

2 (1).png

 

polémica: o cappuccino que leva uma gema de ovo lá dentro e virou um sucesso gigantesco

Chama-se egg cappuccino e é a adaptação de uma receita coreana hiper-saciante dos anos 60. Os autores desta arrojada invenção são os donos do café Round K, em Nova Iorque, e garantem que este cappuccino é tudo o que precisa para se alimentar durante uma manhã inteira.

A receita teve tanto sucesso que foi notícia em vários sites de notícias internacionais. E rapidamente chegou ao Twitter, essa segunda casa de Donald Trump. Em poucos dias, o vídeo com a receita tornou-se viral e uma das maiores polémicas do final de 2017, com ferverosos adeptos e adversários a digladiarem-se emotivamente à volta dos benefícios para a saúde e da cremosidade da ideia.

2.png

 

 

pipocas light com apenas 122 calorias, a receita que me incentivou a continuar com a minha dieta

Sim, continuo de dieta mas, como diria Pedro Santana Lopes, “com grande sacrifício pessoal”. Ninguém merece. Ontem fui almoçar fora com o meu querido Marido Mistério e só me apeteceu espancá-lo: enquanto ele enchia o bandulho com um tentador bacalhau espiritual, eu devorava (sim, porque já estava morta de fome) um bifito de frango com tomate e alface. Triste sina a minha… Confesso que já estava a desanimar (que tortura, meu Deus!), quando descobri no Buzz Feed esta espetacular receita de pipocas como sugestão de um snack no plano de alimentação saudável que a equipa do Buzz Feed elaborou para os primeiros quinze dias do ano. São só 122 calorias! Dá para acreditar?

E, pronto, voltei a sorrir. Já podemos organizar uma noite de cinema digna deste nome na Mansão Mistério. Só vou precisar de azeite, milho para pipocas, sal, pimenta preta moída, cominho em pó, piripíri, raspas de uma lima, alho em pó, pimenta caiena e coentros picados.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Captura de ecrã 2018-01-04, às 18.30.56.png