Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

quinoa com abacate, queijo tostado e ovos quentes, a receita que pode fazer a qualquer refeição

É saudável, é deliciosa e enche sem engordar. Há quem a faça para o pequeno-almoço, mas eu prefiro para o almoço ou para o jantar. Estou a falar desta delícia que descobri no ótimo blog da Donna Hay e que vai ser o nosso jantar de hoje.

O meu querido Marido Mistério só vai precisar de quinoa, água, ovos, azeite extra-virgem, couve ralada, queijo halloumi cortado às fatias, abacates e cebolinho picado. Para o molho, basta ter em casa tahini, água, sumo de limão, sal e pimenta preta. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 a 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

creamy_quinoa_and_kale_bowl_with_haloumi_and_soft_boiled_egg.jpg

 

 

os ceviches são óptimos, as ostras deliciosas, as sobremesas divinais e o serviço magnífico! (uma pista: estamos a falar do porto)

abertura.jpg

– Adoro a música! Parece a do hotel do Rafael, de Jane the Virgin!

Tenho de confessar: o nível de cultura musical dos nossos queridos e prezados Filhos Mistério esgota-se nos primeiros acordes das bandas sonoras das novelas venezuelanas. E, por isso, não perderam muito tempo a analisar a música ambiente do novo restaurante do Porto. Saltaram directamente para a deliciosa lista de criativos ceviches, fantásticas sobremesas e fabulosas ostras do Panca.

Aqui tudo tem a ver com a América Latina: desde a música à comida, passando por...

 

fettuccine de camarão com tomate e manjericão para fazer em 17 minutos

Há pessoas que nasceram uma para a outra: Romeu e Julieta, Tristão e Isolda, Adão e Eva, tomate e manjericão. Vamos lá ser sinceros: não existe melhor combinação do fabuloso mundo dos alimentos do que este casal maravilha. A consistência, o sabor, a harmonia perfeita. É um verdadeiro casal de sonho.

E é por isso que é o meu casal preferido para me fazer companhia esta noite. Felizmente, descobri esta fantástica receita do incrível blog The Blond Cook: um divinal fettuccine com tomate, manjericão e um delicioso molho de manteiga que se faz em apenas 17 minutos. Já imaginou? Dezassete escanzelados minutos na cozinha? Para horas e horas de prazer?...

Como ainda estamos em época de dietas, vou usar fettuccine integral. Especialmente depois de ter experimentado esta fabulosa receita de spaghetti integral que faz sempre um gigantesco sucesso cá em casa. Depois só vou precisar de camarão descascado, manteiga, tomatinhos cherry cortados ao meio, molho pesto, parmesão ralado e manjericão. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

buttery-shrimp-pesto-pasta-2.jpg

 

 

creme de batata doce e amêndoa, um pequeno-almoço só com 3 ingredientes

Está com pressa? Não se preocupe. Também eu. Estou sempre, aliás. A minha vida é uma correria. E esta receita é ideal para pessoas como eu: com pouco tempo, com muita fome e com uma enorme necessidade de emagrecer. Atenção, esta receita do blog Paleo Gluten Free Eats faz-se em cinco minutos se tiver a batata doce previamente cozinhada, senão demora mais um bocadinho.

Para fazer esta maravilha macia e cremosa, só precisa de 3 ingredientes: uma batata doce já assada, manteiga de amêndoa e leite de amêndoa. Mas pode acrescentar alguns toppings (opcionais) como leite de coco, mirtilos e canela em pó.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma pessoa, espreite aqui a receita original.

whole30-sweet-potato-bowl-3.jpg

 

 

esta tasca acabou de ganhar uma estrela michelin

4368.jpg

Fica em Banguecoque, os clientes sentam-se em banquinhos de metal sem encosto e a cozinheira prepara os seus pratos sempre com uns óculos de ski nos olhos.

Raan Jay Fai é a última excentricidade do Guia Michelin. Depois de ter estado meses em segredo a percorrer, pela primeira vez, os restaurantes da capital da Tailândia, o guia anunciou em Dezembro quais eram os vencedores das estrelas. E entre um restaurante de alta cozinha francesa e outro onde um blazer é "obrigatório para cavalheiros durante o jantar", está a tasca da tia Fai, como Jay Fai é carinhosamente conhecida em Banguecoque.

 

 

frango escalfado com arroz de sushi, um almoço saudável para levar para o trabalho

Adoro esta altura do ano em que todas as revistas e sites sugerem dietas e planos para perder peso. Sinto que não estou sozinha no mundo, que há mais gente como eu, a sofrer, a tentar fechar a boca (apesar de continuar a ter jantares de Natal praticamente até ao fim do mês). Um ótimo exemplo é a Bon Appétit cujos planos alimentares já segui inúmeras vezes com o sucesso que todos nós conhecemos (mea culpa obviamente porque não consigo fazer uma dieta durante mais de 24 horas sem me desgraçar). Mas foi precisamente no novo plano alimentar daquela revista online que descobri esta receita deliciosa para levar para o escritório.

Só vou precisar de peitos de frango, alho francês, dentes de alho esmagados, meio pimento encarnado picado e sem sementes, molho de soja, flor de sal, arroz de sushi, um pepino cortado em fatias muito finas e sementes de sésamo pretas tostadas. A receita original inclui ainda picles de gengibre mas, como não gosto, não vou pôr .

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

d7be94b738c1ac5c3ca989993e2a47e4.jpg

 

 

como fazer uma pizza com base de rolo de carne em vez de massa

Era uma vez um homem muito, muito bonzinho que viviva explorado pela sua família. Todos os dias, depois de chegar a casa do trabalho, era ele que fazia o jantar sozinho. E não bastava fazer qualquer jantar. A sua demoníaca mulher exigia que ele fizesse sempre receitas light. Os seus implacáveis filhos não aceitavam menos do que pizzas, hambúrgueres e outras receitas calóricas.

Um dia, o homem muito, muito bonzinho chegou a casa – sempre com o seu sorriso resplandecente de quem se sacrifica paternalmente pela família – e teve uma ideia brilhante que lhe iluminou a alma:

– E se eu fizesse uma pizza saudável?! Que não levasse massa na base!

– Eureka!, gritou toda a sua família em uníssono.

Com o olhar radioso de um génio injustiçado pela crueldade da sua família, o homem muito, muito bonzinho foi a correr para o computador à procura de uma receita que agradasse à intransigência dos seus familiares. E foi assim, de repente, como uma luz vinda do céu, que encontrou uma incrível receita do blog Nom Nom Paleo.

Tratava-se de uma pizza feita com base de salsicha italiana picada. O homem muito, muito bonzinho achou a ideia óptima, mas como a sua mulher era inacreditavelmente severa e inflexível, ele teve de fazer uma adaptação à receita para a tornar mais light: em vez da salsicha italiana picada, usou um rolo de carne que estava pronto no frigorífico. De resto, seguiu a receita original: molho marinara, cogumelos cortados às fatias fininhas, pimentos picados, cebola roxa às rodelas, azeitonas e queijo de cabra. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, o homem muito, muito bonzinho foi consultar a receita original aqui.

800OptMeatzaaaDSC_4401.jpg

 

5 ideias de tostas vegan para o seu pequeno-almoço

Para quê ir a um restaurante ou a uma pastelaria quando pode fazer estas maravilhas em casa? Doces ou salgadas, estas ideias vão encher-lhe as medidas… e o estômago, claro. As receitas são do blog Emilie Eats e acho que vou fazer todas… Vou usar pão sem glúten, tostar uma fatia por dia (sim, porque ainda estou de dieta) e fazer estas ótimas combinações.

1 (5).jpg

 

 

a massa preferida de anthony bourdain só leva 4 ingredientes e é facílima de fazer em casa

– A melhor coisa na História do Mundo!

– Sublime!

– Estaria disposto a sacrificar a minha primeira experiência sexual só para poder experimentar esta maravilha!

Acho que não precisava de tantos elogios de Anthony Bourdain para experimentar em casa aquela que é a sua receita preferida de massa. Mas se a isso tudo ainda juntar o facto de ser uma massa servida dentro de uma taça de queijo parmesão crocante... E que só demora uns minutinhos a preparar... E que só leva 4 míseros ingredientes... E que um dos ingredientes é pimenta preta...

Oh, meu Deus! O que é que nós estamos a fazer aqui à frente do computador quando podíamos estar na cozinha a deliciar-nos com este estrondoso tagliolini com queijo e pimenta?!

pasta.jpg

O famoso chef falou, pela primeira vez, desta delícia no seu programa No Reservations dedicado à cidade de Roma. Foi lá que Bourdain provou o fabuloso e hiper-simples tagliolini cacio e pepe, no fantástico restaurante Roma Sparita.

Trata-se de uma massa servida com um incrível molho de queijo e pimenta. Mais nada. Só que, em vez de vir espalhado no prato, vem servido numa taça crocante de queijo parmesão, que vai trincando à medida que come a massa. O segredo da receita está no mirabolante molho de queijo, feito só com Pecorino, manteiga e com a água onde coze a massa.

Felizmente, a chef Kathy Ayer foi a Roma investigar como se faz esta delícia e publicou a receita no seu blog Food Lover's Odyssey.

 

 

batata doce recheada com queijo e ovo escalfado, uma receita com apenas 365 calorias

Eu sei que estou ligeiramente obcecada com as quantidades de calorias que como, mas o que é que eu posso fazer? Tenho de emagrecer, não é? Esta receita do blog How Sweet Eats consegue ser deliciosa, incluir três dos meus ingredientes preferidos (batata doce, queijo e ovo) e ter apenas 365 calorias. Tinha de partilhar, não é? Além disso, é facílima de fazer.

Só precisa de batatas doces, feijão preto, queijo fontina ralado, rúcula, azeite, sumo de meio limão, ovos, sal e pimenta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingredientes, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

spotato-4.jpg

 

 

sabe para que serve a gaveta em baixo do seu forno?

É uma das três grandes dúvidas da Humanidade:

  1. Para que serve aquele bolso pequenino das calças de ganga?
  2. Para que servem aqueles dois buraquinhos na parte de cima dos ténis, onde ninguém enfia os atacadores?
  3. Para que serve a gaveta em baixo do forno?

Seguramente que todos nós já nos debatemos com estas três questões absolutamente fundamentais para o futuro e felicidade da sociedade. Tudo o resto é irrelevante para o ser humano: se Pedro Santana Lopes ganha as eleições para o PSD... Se Donald Trump invade a Coreia do Norte... Se Mariano Rajoy declara a independência da Catalunha... Quem quer saber isso quando pode saber para que serve a gaveta em baixo do forno?

istock-119645211.png

 

 

panquecas de banana e trigo sarraceno: hoje é dia de brunch saudável na mansão mistério

Domingo, já se sabe, é dia de brunch cá em casa. Não, não se preocupe. Ainda não desisti da minha dieta (repare como usei cautelosamente o advérbio “ainda”… A minha fé em mim própria chega a ser constrangedora…). Mas em todas (ou quase todas) as dietas, há um Dia da Asneira em que podemos pecar um bocadinho (prometo que vou tentar pecar o menos possível). E esse dia finalmente chegou! Por isso, escolhi para hoje esta ótima receita da Donna Hay que, apesar de tudo, é saudável porque não leva açúcar nem a farinha do costume.

Só leva farinha de trigo sarraceno, farinha de espelta, fermento, canela em pó, 3 bananas esmagadas, um ovo, xarope de ácer, leite, manteiga sem sal, iogurte de baunilha e rodelas de banana para servir.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

banana_buckwheat_pancakes.jpg

 

 

o vídeo que o ensina a fazer umas papas de aveia saudáveis no forno

papasdeaveia.jpg

É a Liga dos Campeões dos pequenos-almoços saudáveis. Se umas papas de aveia já são uma delícia, umas papas de aveia no forno são muito mais. E porquê? Porque ficam molhadinhas por dentro e tostadas e crocantes por fora. 

Além disso são facílimas de fazer e duram para quase toda a semana. Pode preparar um pirex inteiro hoje e depois ir tirando à medida que lhe apetecer, ao longo do resto do fim-de-semana.

São deliciosas para o seu brunch e são maravilhosas para o seu lanche. Melhor ainda: a receita é tão fácil que se explica num vídeos de poucos segundos.

 

 

 

brownies saudáveis com ricotta e sem açúcar, um lanche para aquecer este fim-de-semana

Este fim-de-semana está a pedir uma tarde passada na cozinha a fazer bolos para depois os devorar à lareira… O frio dá-me para isto. Fico com desejos de coisas boas e quentinhas. Como a pessoa que vos escreve tem estado a fazer um esforço sobre-humano para se manter fiel à dieta, tentei encontrar uma receita boa mas que não me desgrace totalmente. Missão cumprida. Encontrei no blog Half Baked Harvest uma receita para lá de boa que, apesar de tudo, não tem açúcar e cuja farinha é de amêndoa. Ah, e é fácil de fazer. Mas isso já é com o meu querido Marido Mistério.

Ele só vai precisar de chocolate preto partido em pedaços, queijo ricotta, xarope de ácer, café instantâneo (opcional), extrato de baunilha, ovos, cacau em pó, farinha de amêndoa e flor de sal. Para a cobertura, o meu querido e talentoso esposo vai precisar de mais xarope de ácer, óleo de coco, chocolate preto picado e cacau em pó. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 16 brownies, espreite aqui a receita original.

Extra-Fudgy-Ricotta-Brownies-6.jpg

 

 

rolinhos estaladiços de queijo brie e presunto, uma entrada deliciosa para um jantar especial

É basicamente a combinação perfeita e um sucesso em qualquer jantar. Em dias de festa, ninguém faz dieta, por isso, esta entrada que descobri no blog Half Baked Harvest é imbatível, não só porque é linda de morrer como porque é absolutamente viciante: estes rolos são estaladiços, doces e salgados ao mesmo tempo. E consegue fazê-los em meia-hora.

Só precisa de massa filo, manteiga sem sal derretida, um Brie cortado em 12 fatias, 12 fatias de presunto cortadas fininhas, mel, sementes de romã, flor de sal e pimenta preta.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 12 rolinhos, espreite aqui a receita original.

1 (4).jpg

 

Pág. 1/3