Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

ovos cocotte em béchamel com “soldadinhos” de pão torrado, o pequeno-almoço ideal para este fim de semana

Já partilhei aqui que o meu querido Marido Mistério acha que lhe corre sangue britânico nas veias. Lá porque já leu as mil e uma biografias do Churchill, encarnou toda uma personagem. Por isso, ao fim de semana, Ele insiste em comermos ao pequeno-almoço ovos quentes com os famosos “soldiers” que terá aprendido com a avó, enquanto profere uns termos muito snobs num inglês muito british. Claro que é invariavelmente a chacota da Família Mistério. Mas, enfim, tenho de admitir que estes palitos de pão torrado são de facto uma delícia para molhar nesta receita maravilhosa do blog Renée Kemps, ideal para uma manhã de fim de semana, sem pressas.

Só preciso de ovos, molho béchamel, natas, folhas de manjericão, pão para os “soldadinhos”, azeite, alho, sal e pimenta preta moída. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

MG_3021-500x750.jpg

 

 

chama-se el clandestino e é um dos mais surpreendentes restaurantes de lisboa (então os churros com doce de leite...)

12341289_199594640379795_1289898479787047000_n.jpg

Há restaurantes para onde convém levar sempre uma camisolinha às costas por causa do frio; outros onde não se pode entrar sem um leque por causa do calor. No El Clandestino, não se esqueça de levar o megafone. Isto se quiser conviver verbalmente com os seus companheiros de mesa sem mal-entendidos. Entre música, gritos e gargalhadas das mesas à volta, fica difícil proferir qualquer palavra sem acabar a noite a falar como o Marlon Brando, no Padrinho.

Desde que abriu, em Novembro de 2015, que o El Clandestino se tornou um dos restaurantes mais procurados do Bairro Alto, em Lisboa. E isso tem consequências – o barulho e a confusão – mas também tem causas. E é para falar delas que estamos aqui hoje.

 

novidade, novidade! acabou de abrir o martinhal chiado family suites no centro de lisboa

Martinhal Chiado_1-bedroom Premium Deluxe (2).jpg

É giro, é novo e é uma grande ideia! O recém-inaugurado Martinhal Chiado Family Suites auto-intitula-se “o primeiro hotel de luxo para famílias no centro de uma cidade, em todo o mundo”. E, de facto, é raríssimo encontrar hotéis “children friendly” nos centros das capitais mais cosmopolitas.

 

húmus de tomate seco e manjericão para enganar a fome ao fim da tarde

Nos últimos dias tenho tido tanto trabalho que nem tenho tempo para almoçar. A correria é tanta que como uma sanduíche a correr, uma fatia de quiche a guiar, um wrap à frente do computador… uma desgraça. Resultado: chego ao fim da tarde, a casa, esfomeada. E o que fazer para não comer o frigorífico e a despesa de uma só vez? Deliciar-me com este saudável húmus, que aprendi a fazer no blog Cooking Classy, que além de ser muito fácil, não engorda. Na verdade, o que não engorda é manter a boca fechada mas engorda pouco, vá…

Só preciso de uma lata de grão (a ideia é escorrer o grão mas guardar o líquido), tomates secos, azeite, sumo de limão, tahini, um dente de alho, sal e folhas frescas de manjericão. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

sundried-tomat-hummus3-srgb.jpg

 

como escolher a fila mais rápida num supermercado

Fico fascinado quando os cientistas se dedicam a temas realmente relevantes para a Humanidade. O que é que interessa como podemos chegar a Marte quando é possível descobrir a fila mais rápida num supermercado? Não tem argumentos para rebater, pois não? Calculei. 

Só para ter uma ideia da gravidade deste assunto, deixe-me dar-lhe uma informação rapidíssima: todos os anos, os americanos passam 37 mil milhões de horas à espera em filas. Desconfio que possa ser menos do que os portugueses passam só nas Finanças, mas mesmo assim é um verdadeiro flagelo social – tão grave que até já levou ao aparecimento de empresas que disponibilizam pessoas para ficarem nas filas, à espera, no seu lugar.

Já está suficientemente desanimado? Óptimo, era mesmo isso que eu queria. Então, aqui vão as boas notícias: a luz ao fundo das filas de supermercado. O prestigiado jornal americano New York Times preparou um profundíssimo artigo com os conselhos dos cientistas para esperar menos tempo para pagar as suas compras. O jornalista falou com professores universitários, matemáticos, psicólogos e especialistas em estatística para reunir os melhores conselhos para poupar tempo na caixa dos supermercados. E os resultados são surpreendentes.

supermarket-949913_960_720.jpg

 

tarte fria de tomate com recheio de queijo de cabra e cebolinho para ajudar a digerir o brangelina gate

Não é segredo para ninguém a minha obsessão por queijos. Adoro todos, sem exceção. Quanto mais intensos, melhor. Também adoro tomate. Sou viciada em salada caprese, por exemplo. Por isso, esta receita do blog O&O Eats pôs-me em sentido e achei que era uma ótima ideia para me ajudar a digerir a separação da Angelina Jolie e do Brad Pitt. Parece que ele tem “anger problems” mas quem não tem, com seis filhos? O segredo desta receita é a qualidade dos ingredientes: bom tomate e boa ricotta fazem a diferença.

Para a base, vou precisar de farinha, sal, açúcar, manteiga sem sal, margarina e água gelada. Para o recheio, tenho de comprar ricotta fresca, chèvre, cebolinho cortado fininho, tomate cortado às fatias, sal, pimenta preta moída, azeite e manjericão. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

1471393093274.jpg

 

frango envolvido em sementes de sésamo com arroz de amendoins e passas, uma receita para fazer em 15 minutos

16553935_KEaKM.jpeg

Modo de emergência: o telefone tocou ontem às cinco da tarde e eram aqueles primos que estão na perigosa fronteira em que eles já têm a confiança mínima para perguntarem se podem vir cá a casa jantar e nós ainda não temos a confiança suficiente para dizermos que não. O que fazer?, pergunta Vossa Senhoria. Não faço a mínima ideia, respondo eu. E, por isso, inventei. O resultado é: peitos de frango à moda do primo com arroz de amendoins e passas. Foi fácil e rápido: abri o frigorífico, a despensa e o congelador à procura do que tinha e deu nisto.

 

 

mini tartes de caramelo e chocolate com flor de sal mas sem forno nem fogão

Esta receita do incrível blog Pinch of Yum é indescritível. Na minha modesta e gulosa opinião, não há casamento mais perfeito do que a mistura de caramelo com flor de sal. Então com chocolate, nem se fala! É a autêntica ménage à trois! É quase tão perfeito como o nosso casamento mistério, sem contar as vezes em que Ele sistematicamente me escraviza para escrever posts para o blog. Só tem um pequeníssimo, ligeiríssimo drama: o caramelo engorda. E não é pouco. Não há milagres. Pode estar cercado de variadíssimos ingredientes saudáveis que a desgraça será sempre total e completa. Mas é mais forte do que eu. Não resisti a partilhar esta tentação que vai saber tãaaao bem, a qualquer hora do dia!

Só preciso de flocos de aveia, nozes pecan, pretzels, tâmaras sem caroço, óleo de coco derretido, flor de sal, molho de caramelo, de preferência salgado, e pepitas de chocolate. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente espreite aqui a receita original.

Caramel-Cups-5-600x900.jpg

 

quais eleições legislativas, qual quê?! tem é de votar no casal mistério para os blogs do ano

O impensável aconteceu. Não, não estou a falar da nomeação de Mariana Mortágua para ministra das Finanças. Estou a falar de algo bastante mais improvável e arriscado. Um grupo de 17 distintíssimas personalidades da sociedade portuguesa, reunidos pela Media Capital, juntou-se para escolher os melhores blogs do ano em Portugal e considerou que este vosso casal amigo deveria estar entre os quatro eleitos na categoria de Culinária e Lazer.

Mais inverosímil ainda: os jurados tomaram essa decisão arrojada sem receber qualquer recompensa da nossa parte que os possa levar a conhecer o juiz Carlos Alexandre. E mais arriscado também: escolheram-nos sem saber sequer quem estas duas pobres almas penadas são – poderíamos até ser os netos do Jack, O Estripador que para os jurados é indiferente.

Posto isto, o que nos traz aqui não é só esta sensação irresistível de querer fazer a festa e apanhar as canas. Não, senhor. O que nos traz aqui é um apelo desesperado a todos e cada um de vocês, os nossos fantásticos leitores que são os únicos responsáveis pelo sucesso do blog. É que agora está na sua mão eleger o melhor blog do ano em cada uma das categorias.

nomeado_categorias_culinaria.jpg

Por isso, não perca tempo: deixe já esse email importantíssimo que o seu chefe lhe disse para mandar antes do meio-dia, mande às urtigas o almoço com a colega do lado, tire um mês de férias da sua família e plante-se que nem uma oliveira com 200 anos de vida à frente do computador para votar loucamente no Casal Mistério (o link está aqui).

Mobilize os seus amigos, implore aos seus inimigos. Todos os votos contam. Pode votar uma vez a cada 24 horas, mas como nós não confiamos em computadores o melhor é votar o máximo de vezes que conseguir – pode ser que passe. O blog que receber o maior número de votos em cada categoria, será eleito o Blog do Ano.

Quem sabe se até não aparecemos na gala de atribuição dos prémios se, por acaso, ganharmos? Hã?! Quem sabe... Agora está na sua mão. E no seu pé. E no seu cotovelo. É indiferente com que órgão vota, o importante é votar aqui. Toca a mexer esses dedos.

E muito obrigado a si por esta nomeação. A si e ao José Alberto Carvalho, à Fátima Lopes, ao Ricardo Araújo Pereira, à Rita Pereira, ao Pedro Ribeiro, à Helena Forjaz, ao Álvaro Covões, à Ana Sofia Vinhas, ao Albano Homem de Melo, à Maria Clara, ao Ljubomir Stanisic, à Mariana Pedroso, ao David Fonseca, à Fernanda Marantes, ao João Sousa, à Mónica Serrano e ao Carlos Coutinho Vilhena. Foram eles que cometeram a loucura de nos escolher. Agora arquem com as consequências.

 

Uma óptima eleição para si onde quer que esteja,

Ele

5 pequenos-almoços rápidos e portáteis para os 5 dias da semana

As suas manhãs durante a semana são uma correria? Não tem tempo para nada? Vai ainda a vestir-se para o carro? Volta atrás porque invariavelmente se esqueceu de um filho? Então este post é para si. São cinco receitas, uma para cada dia da semana, que pode preparar de véspera ou fazer em minutos antes de sair porta fora. Melhor ainda: naqueles dias mesmo dramáticos, pode levar num frasco para comer no escritório ou pelo caminho.

 

Segunda-Feira: Parfait de Iogurte Grego, Banana e Doce de Framboesa com Granola de Manteiga de Amendoim  

transferir.jpeg

Pelo nome parece complicado, mas olhe que não!

Comece por preparar a granola: aqueça em lume brando a manteiga de amendoim, o mel e o extrato de baunilha. Quando estiver quente, transfira para uma taça e junte a aveia e as sementes de chia. Espalhe a mistura num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno a 160ºC durante 10 a 15 minutos. Deixe a granola arrefecer e guarde-a num recipiente bem fechado.

Para fazer o parfait, coloque num frasco, primeiro uma camada de iogurte, depois uma colher de sopa de doce de framboesa, a seguir, uma camada de granola e, finalmente, mais uma camada de iogurte grego. Decore com mais um pouco de granola, umas rodelas de banana e umas framboesas. Tape e corra para o carro.

Todos os detalhes desta maravilha, do blog Ambitious Kitchen, estão aqui.

 

 

o jantar ideal de domingo: taça de arroz com sashimi de salmão, ovo escalfado e abacate

Esta receita é o que se pode chamar a perfeição numa taça. Quem resiste a uma taça de arroz com sashimi de salmão, um ovo escalfado e um abacate por cima? Eu adoro. E gosto ainda mais de me imaginar a deliciar-me com esta maravilha, esparramada no sofá, a ver novelas e a Casa dos Degredos, pequenos guilty pleasures que o autoritário e o intelectual do meu querido Marido Mistério não me deixa ter. É certo que os nossos filhos também não me dão espaço para me esparramar onde quer que seja, mas enfim, posso sempre servir esta maravilha à mesa, com a televisão desligada, que, diga-se, é o que uma mãe de família que pretende passar a mensagem correta aos seus filhos deve fazer. Mas é tão bom abandalhar e quebrar as regras de vez em quando... Mas isso só acontece quando Ele não está em casa...que é praticamente...nunca.

image.jpeg

 

 

o pequeno-almoço mais delicioso (e talvez mais calórico...) do planeta: panquecas de bolachas oreo

Juntar na mesma receita panquecas e bolachas Oreo é como juntar na mesma sala a Gisele Bundchen e a Sara Sampaio. Não é fácil lidar com esta combinação dos deuses, no entanto é um crime não tentar.

E neste fim-de-semana não há cá desculpas: a Mansão Mistério vai encher-se de calorias para celebrar aquela que é a receita de pequeno-almoço mais deliciosa do planeta – talvez até da galáxia, quem sabe do Universo? São panquecas de bolachas Oreo com cobertura de chantilly de bolachas Oreo. Antes de começar a pensar que eu estou a repetir-me por causa da idade avançada, deixe-me já esclarecer: as bolachas Oreo estão mesmo em dois sítios diferentes – na massa das panquecas e na cobertura de chantilly. A ideia genial é do maravilhoso blog Granbaby Cakes.

oreo-pancakes-cookies-and-cream-pancakes-1-683x102

 

 

cocktail de gin, kiwi, lima e estragão, para fazer em apenas cinco minutos

É sábado e, só por isso, é um óptimo pretexto para celebrar. A esta hora, ou está sentado a fazer literalmente nada (há lá melhor coisa para fazer num fim-de-semana do que absolutamente nada?) ou está em casa a ler o Casal Mistério e a pensar por que raio é que eu não encontro aqui uma óptima receita para fazer um gin num sábado à noite. É para si que eu trabalho – neste caso, que eu bebo. E hoje inspirei-me no fantástico Serious Eats para lhe trazer este refrescante gin com kiwi e estragão. E porque é que esta é a receita ideal para partilhar num sábado ao final da tarde? Porque demora uns precisos cinco minutos a preparar.

 

 

barrinhas geladas de chocolate e frutos secos: uma estrada que é o caminho para o paraíso

Os blogs e sites americanos chamam-lhe Rocky Road (Estrada Rochosa), eu chamo-lhe uma sobremesa-incrivelmente-saudável-e-totalmente-irresistível. Pode ser sobremesa ou um snack entre refeições. Qualquer pretexto é bom para se deliciar com uma barrinha destas, que descobri no delicioso blog Donal Skehan. A receita original é menos saudável mas este guru da alimentação de origem irlandesa e sediado em Los Angeles, deu-lhe um twist e só usou ingredientes saudáveis, como granola em vez de bolachas e as tâmaras para adoçar a receita.

A lista de ingredientes é simples: avelãs, pistácios, tâmaras sem caroço, óleo de coco derretido, cacau em pó, granola, alperces secos ou outra fruta seca! Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 12 pessoas, espreite aqui a receita original.

175_rockyroad.jpg

 

 

 

como fazer as panquecas mais surpreendentes do mundo em apenas 10 minutos

Estou completamente esmagado. Sinto o chão a fugir-me debaixo dos pés. Estou a perder o controlo. Não sei o que fazer. Eu, o guru gastronómico desta modesta casa, o líder espiritual da comida mistério, aquele a quem toda a família vinha pedir conselhos, eu mesmo, Ele Mistério de seu nome, fui completamente ultrapassado pela temível prole de filhos que criei. Sinto-me o pai do Édipo a ser esfaqueado no coração.

Então não é que a minha prezada Mulher Mistério fez anos por um destes dias que não podemos revelar e teve direito a uma surpresa por parte dos filhos que me deixou reduzido à minha insignificância? Os petulantes tiveram o atrevimento de se juntar para preparar um presente para a mãe e, nesta casa, presente digno desse nome tem de exercitar pelo menos dois dos músculos do aparelho digestivo. Resultado: quando Ela acordou de manhã, no seu dia de anos, tinha prontas, à sua frente, as panquecas mais espectaculares e surpreendentes que estes olhos já viram na vida. Ainda por cima facílimas de fazer. E mais ainda: sem precisarem de qualquer tipo de ajuda ou conselho meu.

lace_pancakes_20045_16x9 (1).jpg