Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

um jantar light que o vai deixar cheio: salada de salmão e grão com mostarda de dijon

O fim-de-semana foi de paletes de comida e eu tenho-A a Ela a massacrar-me por causa da dieta. Ah, e tal, ainda é Verão e não paramos de comer. Bom, agora que Ela não está aqui, tenho de confessar que, de facto, é capaz de ter alguma razão. E por isso é que estive à procura de uma salada fácil e rápida de fazer para o jantar de hoje. Mas, já agora, e como temos quatro aspiradores de comida cá em casa, além destes dois vossos criados, convém que seja uma salada light, mas não tão light, tão light que nos deixe convencidos de que não comemos nada. O equilíbrio perfeito é esta receita do fantástico blog Not Without Salt, que mistura verdes, proteínas e hidratos de carbono.

IMG_0074.jpg

 

salada de cenoura e abacate com nabo cru, uma receita milagrosa

A minha querida e estimada Mulher Mistério vive a dizer que eu sou hipocondríaco. Uma acusação que considero de uma tremenda injustiça. Digamos que sou... cuidadoso, um tanto ou quanto preocupado. E acreditem ou não, acordei hoje com uma carraspana monumental. Ela revira os olhos, eu vou para a cozinha, porque não há nada melhor do que uma terrível constipação para nos fazer descobrir receitas diferentes. E, ainda por cima, que fazem bem à saúde. E, melhor ainda, que ajudam a curar a gripe. Nabo. É supostamente outro legume maravilhoso contra as doenças respiratórias. Os mais ousados comem-no em xarope com açúcar. Os mais previsíveis comem-no na sopa com outros legumes. Eu como-o na salada, sem mais.