Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

gaspacho dourado com tomate amarelo e pêssego, uma receita vegan e sem glúten

Qual é coisa, qual é ela que tem poucos ingredientes, demora 10 minutos a preparar e parece todo o sol de verão num copo ou numa taça? Acertou! Pois claro! É este espetacular gaspacho dourado que descobri no blog Happy Hearted Kitchen. O segredo é encontrar os tomates e os pêssegos mais maduros e sumarentos do mercado. Claro que pode usar tomates encarnados mas, além dos amarelos serem mais doces, corre o risco de o seu gaspacho ficar menos dourado. É uma entrada espetacular para servir num almoço ou num jantar de verão porque pode fazer com antecedência e mantê-la no frigorífico para apurar o sabor. Ainda por cima, é vegan e sem glúten. 

Só precisa de tomates amarelos picados, pêssegos maduros sem caroço também picados, um pimento amarelo, uma chalota pequena, dois dentes de alho, vinagre de vinho tinto, azeite extra-virgem, sal, folhas de manjericão cortadas e mais uns tomatinhos e uns pêssegos extra para decorar. Se quiser saber a quantidade certa de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

image.jpeg

 

 

salada caprese com abacate, um saudável almoço de domingo

Pronto. Ele enlouqueceu de vez e, inspirado por este seu texto (veja aqui), decidiu reorganizar todo o nosso frigorífico para conseguir conservar a comida durante mais tempo. É claro que sobrou para mim. Levei uma seca de duas horas sobre tudo o que estava a fazer de mal (porque obviamente a culpa dos legumes e das frutas se estragarem é totalmente minha e não daquela alma que compra tudo em doses industriais).

Por isso, entre limpezas e arrumações, sobrou-nos pouco para o almoço. E como ao domingo desce sempre em mim um imenso sentimento de culpa pelos excessos do fim de semana, salvei os ingredientes para uma salada muito light para acabar de vez com os remorsos. Por isso, peguei num queijo mozzarella, num abacate, lembrei-me desta simples e deliciosa receita do blog Foodie Crush, e fiz a festa.