Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

nomalism: o novo restaurante vegetariano de lisboa tem óptimo ambiente e comida deliciosa

12027713_1675053902730947_6838784710061167484_n.jp

À minha esquerda, um grupo de oito mulheres conversava animadamente. Atrás de mim, três mulheres almoçavam sozinhas ao balcão enquanto liam uma revista. À minha direita, duas mulheres discutiam filhos e dietas. À minha frente, a minha querida Mulher Mistério olhava para a lista como se estivesse a olhar para um livro em sânscrito. E no centro disto tudo, eu, o único homem em todo o restaurante. Senti-me o José Figueiras perdido no meio da plateia do Ai, Os Homens (só não levei vestidos os calções da Música no Coração, mas faltou pouco).

De facto, foi a minha primeira experiência num restaurante só com mulheres e uma das poucas que tive em restaurantes vegetarianos. No entanto, não resisti aos variadíssimos elogios que ouvi do novo Nomalism, um bistrô escondido num pátio discreto de Campo de Ourique, em Lisboa. 

 

5 receitas totalmente inesperadas e deliciosas para fazer com banana

Este não é um texto sobre gelados de banana ou smoothies de banana. Este é um texto sobre as maravilhosas receitas que podemos fazer com banana. É um texto para bananófilos convictos como eu e a minha querida Família Mistério. É um texto sobre tostas de banana, chips de banana, biscoitos de banana, curd de banana e outras fantásticas formas de utilizar aquela que é uma das frutas mais versáteis que a Humanidade já conheceu. Agora pegue no avental e ligue o forno, porque isto vai aquecer. As sugestões são do fabuloso site The Kitchn, por isso pode ver as receitas originais aqui.

 

Chips de Banana

banana-1119.jpg

Na verdade não são chips de banana, são chips de banana pincelados com coco e polvilhados com cardamomo, o que dá para perceber que é de um outro campeonato completamente diferente que estamos a falar. Juntar às rodelas de banana estaladiças e caramelizadas o coco e o cardamomo, é como juntar um microfone a Marcelo Rebelo de Sousa – parece que foram feitos um para o outro.

Tudo o que tem de fazer é cortar a banana em fatias de 3 milímetros (está a ver bem o preciosismo?), colocar as fatias em cima de uma folha de papel vegetal, pincelá-las com o óleo de coco, salpicar o cardamomo em pó por cima e levá-las ao forno, pré-aquecido a 100º C, durante cerca de 90 minutos. Vire-as ao contrário e cozinhe-as mais 60 minutos. A temperatura baixa vai secar a banana, mantendo o açúcar da fruta no interior e caramelizando-o ligeiramente. Sirva depois de as deixar arrefecer pelo menos durante uma hora. E não se preocupe porque vão continuar estaladiças quando as trincar frias.