Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

é restaurante, é bar e é absolutamente original: cada prato é inspirado nas 'viagens na minha terra', de almeida garrett

11951875_1651275631815665_8623076765104046320_n.jp

Pronto: aconteceu aquilo que mais temia, o Casal Mistério saltou para o lado de lá da ténue linha que separa a boa disposição da loucura. E vai escrever sobre literatura (rima e é verdade). Mais grave ainda: vai escrever sobre Almeida Garrett. Vamos fazer um passeio sobre uma das obras mais famosas do escritor: Viagens na Minha Terra.

Calma... não mude já para o blog da Lídia Jorge. O melhor é explicarmos esta loucura passageira. A culpa é do fantástico gastropub Casa Garrett, no Porto. Aberto há pouco mais de um ano, o restaurante tem um dos conceitos mais originais que já encontrámos: a ementa foi toda inspirada no livro do romancista do século XIX. Cada prato é de uma região diferente do país e as sugestões percorrem grande parte das Viagens na Minha Terra. Há, por exemplo, os chips de batata doce do Algarve, o paté de tremoço de Lisboa, as azeitonas com alho e poejo do Alentejo, o lombo de atum braseado dos Açores ou a tigelada de alheira de Trás-os-Montes. 

Mas antes de começar a aguar com a comida, vale a pena conhecer o espaço.

 

 

ovos quentes com “soldadinhos” de espargos, o brunch perfeito para fazer em casa este fim-de-semana

É sexta-feira! Yeaah! Amanhã é dia sem despertador! Yeaahh! E invariavelmente é dia de brunch cá em casa. Tão bom. Já aqui contei que os ovos quentes são quase um ritual na Mansão Mistério ao fim-de-semana. Ele adora fazê-los no ponto e os miúdos já os fazem sem a supervisão Dele.

Eu? Eu só como, claro. Mas o meu querido Marido Mistério, que é irritantemente magro, costuma acompanhar estes ovos (super saudáveis, diga-se) com uns palitos de pão torrado a que chama soldadinhos (mais uma tradição inglesa que Ele garante que “alegadamente” herdou da família – não sei se já partilhei aqui mas Ele acha que ainda é parente do Churchill).

O que para aqui interessa é que soldadinhos de pão torrado são incompatíveis com a minha eterna dieta. Por isso, amanhã, vou fazer esta receita do blog Clever Carrot, que substitui o malfadado pão por uns espargos enrolados em algo… potencialmente calórico, eu sei. Mas é tão bom… Só vou precisar de espargos, presunto, salame, ovos, azeite, sal e pimenta. Veja a receita original e as quantidades certas destes ingredientes para 4 pessoas.

IMG_0545_2new1.jpg