Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

férias na neve num hotel de sonho a uma hora e meia de salzburgo

016dswiesergut_kopie_1.jpgAlguém sabe de alguma forma barata de ir ali até à Áustria e voltar? Somos só seis. E Ele, com a conversa da crise, não quer nem ouvir falar em viagens de avião… será que o comboio é muito caro? Até de carro ia para aqui… OK, prescindo da viagem a Andorra, se formos para aqui. Queres ver, meu querido Marido Mistério? Nem o teu maçador bom senso vai resistir a este hotel.

 

 

porquê fazer um tronco de natal normal quando pode ter um tronco de natal de nutella?

É uma pergunta difícil, não é? Eu próprio ainda não sei o que é que andei a fazer estes anos todos com o tradicional tronco de Natal quando mesmo aqui ao lado estava esta deliciosa receita da fantástica cozinheira Jane Hornby, autora do famoso livro de receitas What to Bake and How to Bake It. Para uma receita que dá para cerca de 10 pessoas, tudo o que precisa é de oito ingredientes.

5672c4e0190000e50078a26d.jpeg

Ingredientes

Para o bolo

  • 6 ovos
  • 160 g de açúcar mascavado
  • 1 colher de sopa de farinha
  • 120 g de cacau em pó, mais duas colheres de sopa para espalhar por cima
  • Uma pitada de sal

Para o recheio

  • 200 g de chocolate meio amargo com 60% de cacau
  • 350 g de natas gordas
  • 200 g de Nutella
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha
  • Açúcar de confeiteiro para polvilhar

  

 

húmus de beterraba, o espetacular aperitivo que vai deixar a sua família de boca aberta na consoada

Desde que começámos o blog e esta aventura de descobrir receitas boas e originais, houve duas coisas que entraram definitivamente na nossa vida: a batata doce e a beterraba. Adoro o sabor da primeira e não resisto à cor da segunda. Nas sopas ou nas saladas, a beterraba assume sempre o papel principal. Por isso, não tenha dúvidas, se decidir fazer esta fabulosa receita do blog Beard and Bonnet na sua consoada, vai ver que o bacalhau e o peru vão roer-se de inveja porque este húmus de beterraba vai retirar-lhes todo o protagonismo. Vai precisar de beterrabas, iogurte grego, um dente de alho, azeite, xarope de ácer, cominhos, coentros, sal e pimenta e sumo de limão. Para decorar, use queijo de cabra esmagado, cebolinho picado, nozes tostadas e salsa picada. Se quiser fazer duas taças de húmus, espreite aqui, na receita original, as doses certas dos ingredientes.

beet_dip_winter-2-of-9.jpg

 

 

a receita que faltava nestas férias de natal: brownies de nutella com apenas 3 ingredientes em 20 minutos

Com as crianças de férias, há que tentar afastá-las dos Ipads, Iphones, Itudo-e-mais-alguma-coisa. E hoje tenho o programa ideal para fazer em família: vamos todos juntos fazer brownies de Nutella. Vão delirar e eu depois vou gritar porque a cozinha ficou um caos. Por isso, já me preveni e descobri aqui esta maravilhosa receita com apenas 3 ingredientes e que demora menos de meia hora a fazer. Tem tudo para correr bem! E são uma delícia: suculentos, fofinhos e sabem, obviamente, a essa tentação do demo chamada Nutella: essa mistura perfeita de chocolate e avelã. Os 3 ingredientes são Nutella (1 ¼ chávena), farinha (½ chávena) e 2 ovos. E mais nada!

 

 

um guia para sobreviver ao natal dentro das calças: quais são as sobremesas mais e menos calóricas da consoada

4978445919_df3eac626a_o.jpg

Primeiro as más notícias: segundo a British Dietetic Association, estamos todos a preparar-nos para comer 6 mil calorias apenas no Dia de Natal – são três vezes mais do que devíamos comer ao longo de 24 horas. Agora, as péssimas notícias: este verdadeiro camião TIR de calorias tem consequências e elas vão notar-se na balança – no final da época de Natal terá engordado entre 1 e 2,5 kg.

Presumo que, neste momento, já esteja a correr à volta do computador para começar a abater tudo aquilo que ainda vai comer. Mas não é preciso tanto. Basta apenas saber o que engorda mais e o que engorda menos.

Felizmente, na semana passada a Zaask, uma plataforma online de contratação de serviços locais, deu-nos uma ajuda essencial para os próximos dias: um guia das tradicionais sobremesas de Natal com mais e menos calorias e com mais e menos açúcar.

Mas antes de começarmos, veja lá se adivinha: sabe qual é a sobremesa mais calórica da sua mesa de Natal? E acha que a mais calórica é também a que tem mais açúcar? As informações são baseadas numa lista de receitas publicadas pelo site Receitas de Dieta e representam os valores por porção normalmente servida. Prepare-se para as surpresas.

 

 

crackers de natal com apenas 4 ingredientes, um petisco tão fácil que até eu consigo fazer

Todos os natais, a minha querida e estimada sogra faz uma sobremesa que dá cabo de mim e do meu corpinho estupendo: não sei qual é o nome, mas basicamente, são uns quadrados com chocolate e nozes para se ir petiscando durante a abertura dos presentes, depois do jantar. Sou completamente fã e passo a noite toda a comê-los. Mas este ano, vou arrasar na consoada. Vou aparecer com estes espetaculares crackers de Natal e que são uma forte concorrência aos quadrados da sogra! Este ano é que vai ser: nora - 1; sogra – 0. Não se preocupem. Não há erro. Esta receita, do blog Passionate Penny Pincher, é tão fácil que até eu consigo fazer. Bastam-me quatro ingredientes: manteiga, açúcar mascavado, pepitas de chocolate semi-amargo e bolachas de água e sal fininhas e rectangulares. Se quiser saber as doses certas dos ingredientes, espreite aqui a receita original.

50efaa3d0614ff0d189ab187001c78a5.jpg

 

presentes de última hora? não se enfie num shopping, faça em casa estas sugestões facílimas

Está em pânico, não está? Eu também. Foi só hoje que realizei que, se por um lado, me falta comprar presentes de Natal; por outro, me falta ainda mais paciência para me enfiar num shopping nesta altura do mês. E foi por causa deste défice de paciência agudo que decidi que este ano não vou comprar, vou fazer. Para esta minha decisão contribuíram duas fantásticas sugestões do Jamie Oliver. São óptimos presentes, originais, divertidos e facílimos de preparar – um verdadeiro sucesso em qualquer árvore. Seja para aquela tia que não sai de casa desde os anos 80 e acha que as meias de losangos ainda estão na moda, ou para a sua querida priminha que acabou de descobrir que não come doces.

1tbO5QEDKy3Bap88m7HOlT.jpg

 

martini de chocolate, o cocktail com que vai surpreender tudo e todos na sua noite de natal

Se conseguir fazer esta receita na sua consoada, será sem dúvida eleito o rei da noite. Quase um Messias (OK, estou a exagerar um bocadinho!). Este maravilhoso e natalício cocktail é pura e simplesmente espetacular. Além de ser lindo, é doce, surpreendente e, ao mesmo tempo, é quase uma sobremesa. A receita do blog Peas and Peonies não é difícil, já os ingredientes não são assim tão fáceis de encontrar, mas pode sempre substituir por outros ao seu gosto. Vai precisar de natas (light, sempre, claro!), xarope de chocolate, licor de chocolate, licor de creme de cacau, vodka baunilha, licor creme de menta, bengalas de rebuçado e gelo. Se quiser saber as doses certas destes ingredientes para dois cocktails, espreite aqui a receita original.

Chocolate-martini-2-e1449844885337.jpg
 

bolas de berlim com doce de leite: os bolos preferidos das crianças estão nesta pastelaria (e de alguns adultos também...)

cascais-4.jpg

Pergunta prévia: tem mais de 18 anos? Então este texto não é para si. Quer dizer, até aos 30 ainda o pode ler assim meio a correr, desde que a seguir vá fazer a maratona de Nova Iorque para abater calorias. Se tiver mais de 30, não vale a pena perder-se por aqui. E porquê? Porque hoje vamos falar dos doces preferidos da nossa pequena equipa de futsal, os quatro Mini-Misteriosos cujos olhos saltam das órbitas cada vez que se cruzam com as bolas de Berlim de doce de leite da Sacolinha.

Mas antes vamos ao...

 

tarte de massa filo com ricotta e espinafres (queroooo tanto!)

Esta é daquelas receitas que nos dá fome só de olhar. Eu não consigo resistir a um prato destes. Não consigo mesmo. Serei uma pessoa normal? Adoro o aspeto estaladiço da massa e o ar cremoso do queijo misturado com os espinafres. Descobri esta maravilha no site Olive Magazine e não vou descansar enquanto o meu querido Marido Mistério não fizer cá em casa. Eu até vou ao supermercado por ele só para lhe dar graxa! Só preciso de azeite, 1 cebola picada, 2 dentes de alho descascados e esmagados, espinafres baby, 1 ovo, queijo ricotta, noz-moscada, queijo feta e massa filo. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

ebdfbc2e15a4d8ac98bfeb5458591f29.jpg

 

a prova cega que faltava: josé avillez juntou-se a uma criança de 10 anos para eleger o melhor bolo-rei de lisboa

É a final mais aguardada do ano, o tira-teimas da década, o combate do milénio. É a verdadeira Liga dos Campeões dos bolos-reis.

A apenas uma semana do Natal, o Casal Mistério organizou a prova por que todo o mundo ocidental aguardava, só para responder a uma das perguntas que acompanha gerações e gerações de famílias portuguesas: onde está o melhor bolo-rei?

IMG_0701.JPG

 

e os vencedores dos dois fantásticos cabazes de vinho do casal mistério são…

Magnum GE2012 Caixa3.jpg

…tchan, tchan, tchan, tchan…

Quem conseguiu esperar até esta hora para saber os resultados também aguenta algum suspense, ou não?

Ok, eu paro. Sempre achei irritante aquela expectativa forçada dos Óscares. Por isso, aqui vai.

O primeiro prémio do nosso fantástico sorteio de aniversário vai para a Luísa Silva, da Abóboda, nascida no dia da graça de 2 de Março de 1979. É ela que se vai deliciar com uma garrafa Pegos Claros magnum Grande Escolha 2012 (edição limitada de 400 garrafas numeradas) que não está à venda no mercado. Além disso, ainda vai receber mais três garrafas Pegos Claros Reserva 2012.

 

o doce que vai revolucionar este natal: sonhos de batata doce com creme de custarda (uma receita do chef nuno mendes)

Minhas senhoras e meus senhores, meninas e meninos, renas e caribus, Mães e Pais Natais, chegou a revolução natalícia a esta casa. A minha mãezinha vai ter uma sulipampa, o meu paizinho vai cair da cadeira, mas eu estou irredutível: este ano vou adoptar uma receita revolucionária.

A culpa é do fantástico Nuno Mendes. O chef mais famoso do momento em Londres, responsável pela elogiadíssima Taberna do Mercado e pelo ainda mais concorridíssimo Chiltern Firehouse, aceitou partilhar com o jornal britânico The Guardian as suas receitas preferidas para esta época. E, lá no meio, estão estes irresistíveis e divinais sonhos de batata doce. 

Eu não sou grande fã dos sonhos de Natal, mas a batata doce atira-os para um patamar equivalente à Vénus do Nilo. Por isso, cá estou, qual Alexandre, o Grande, à sua conquista.

5760.jpg

 

 

as minhas decorações de natal preferidas (algumas temos cá em casa: adivinhe quais...)

f422415f0c572a6711e8d5bc35587dc0.jpg

Adoro o Natal! Adoro as decorações de Natal e, claro, infelizmente, adoro ainda mais a ceia e a noite de consoada. O espírito natalício desceu em mim no fim de novembro quando a minha querida Família Mistério fez a árvore e decorou a Mansão Mistério sob as minhas preciosas indicações.

 

o truque de jamie oliver para separar a clara da gema (e não, não é com uma garrafa)

broken-943413_960_720.jpg

Hoje acordei com uma visão. Estava a minha querida Família Mistério, feliz e tranquila, a cantarolar alegremente músicas de Natal, no dia 24 de Dezembro. Estava lá a minha querida Mulher Mistério, os meus queridos quatro mini-misteriosos que quase fazem uma equipa de futsal, a querida árvore de Natal, o querido presépio, tudo muito querido... 

Depois, estava eu... mas estava na cozinha, de cabelos em pé e farinha até à ponta do nariz, desesperado, a tentar separar 12 gemas de ovos a tempo de ter todos os doces prontos para o jantar da consoada. E é no preciso momento em que estou a separar a 12.ª gema que ela rebenta em cima das claras. 

Não é fácil ficar encarregue da cozinha numa altura destas, enquanto Ela palpita tranquilamente sobre a decoração da árvore ou sobre a cor dos guardanapos. E foi precisamente por isso que fui a correr para a Internet em busca da melhor, mais segura e mais rápida forma de separar as gemas das claras. A grande dica é do meu guru do rolo da massa: o próprio Jamie Oliver.

Eu já conhecia a técnica da garrafa: abre-se os ovos e aperta-se a garrafa para sugar a gema. O problema é quando o gargalo é largo e o ovo é pequeno. Aí a gema sai com a mesma velocidade com que entrou.